quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Dicas de Como temperar Peixe

Como a maioria das receitas culinárias, 
a técnica de temperar o peixe varia. 
Existe a forma clássica, formas mais 
elaboradas, diferenças regionais 
e diferenças referente ao tipo de receita 
que será preparada com o peixe. 
Aprenda aqui algumas formas de 
temperar peixe.


Os peixes são sempre uma boa opção para 
quem quer fazer uma refeição leve 
e saudável. 
Ricos em diversos nutrientes, 
como cálcio, fósforo e vitaminas 
A, D, B1 e B2 e cada vez mais presentes 
na mesa dos brasileiros, eles são 
também fortes aliados na melhora 
da qualidade de vida das pessoas, pois 
possuem poucas calorias e ajudam a 
controlar o nível de colesterol no sangue. 

Tanto a posta quanto o peixe inteiro devem 
ser preparados do mesmo jeito. 
No caso do peixe inteiro, a dica é não 
se esquecer de temperar a parte de dentro. 
Não há necessidade de exagerar com temperos. 
Use apenas sal, um pouquinho de alho e 
pimenta do reino. 
Temperos ácidos como limão 
e vinagre também podem ser usados, 
pois dependendo do peixe ajudam 
a dar consistência, deixando a carne 
mais firme, já que alguns tipos de 
peixes podem se desmanchar após 
serem cortados. 
Justamente pela possibilidade de desmanchar, 
o ideal não é deixar o peixe de molho por muito 
tempo no tempero, e sim pincelar a 
carne com os ingredientes. 

Se a ocasião é importante, você pode usar ervas 
especiais. Manjericão, alecrim, sálvia, manjerona, 
louro, segurelha e tomilho conferem sabor diferenciado 
não só aos peixes, mas também às carnes, aves, 
patês e cremes. 

A melhor forma de usar as ervas é preparar um 
caldo batido no liquidificador. Lambuze as postas 
ou filés com o tempero e deixe descansar por 
uma hora antes de preparar a refeição. 

Cuidado ao usar ervas finas, como estragão 
e tomilho. Não é aconselhado misturar vários 
tipos delas,pois a quantidade de sabores 
interfere no real sabor do peixe.



A forma clássica de tempero é também 
a mais simples: 
Basta regar o peixe com suco de limão, 
sal e pimenta do reino. 
Depois de temperado, basta deixá-lo na 
geladeira para o sabor incorporar 
e já está pronto.

O limão, que é ácido, ajuda a dar consistência 

e a deixar a carne mais firme. 
Alguns peixes podem se desmanchar depois 
de serem cortados. Por isso o peixe 
deve ficar por muito tempo no tempero de 
molho e, sim, só alguns minutos na geladeira. 
(Mais ou menos de 15 a 20 minutos)
Outra forma de temperar é através de ervas 
como manjericão, louro, tomilho, alecrim etc. 
Para usar alguma dessas ervas você deve 
batê-las no liquidificador e depois passar 
o tempero no filé e deixar descansar por uma 
hora antes de seu preparo. Essas ervas dão um 
sabor especial e um toque sofisticado à refeição.
Deve-se ter cuidado ao usar tomilho por causa 
de seu forte sabor. Seu uso em grande 
quantidade e principalmente em conjunto com 
outras ervas de sabor forte podem acabar 
alterando o sabor original do peixe.

Uma alteração da forma clássica de tempero 
é substituir a pimenta do reino por alho. 
Assim, será usado limão, sal e alho. 
Você deve juntá-los numa vasilha e, após, 
juntar o peixe e deixar descansando por mais 
ou menos 20 minutos. Ao final desse tempo 
você perceberá que o filé estará um pouco 
assado, graças ao limão.
Depois basta colocar azeite numa frigideira 

e despejar o filé e o caldo. 
Aos poucos, o caldo irá secar e o filé, dourar.

Outra forma de caldo para temperar o filé é 
misturar creme de coco ou molho vermelho 
ao limão e sal no liquidificador. 
E todo o resto do procedimento de deixar 
o filé de molho por aproximadamente 
20 minutos é igual aos passos anteriores.
Outra opção é, em vez do creme de coco 
ou molho vermelho, usar caldo de legumes 
e vinho branco.

Uma forma de temperar um pouco mais complexa 
usa azeite misturado à manteiga com dentes de 
alho picados e levar essa mistura ao fogo e 
esperar ferver, para que o gosto do alho seja 
incorporado. Ao fim, acrescente vinagre a gosto 
e coentro. Dessa forma você terá um molho 
diferente e saboroso para temperar o filé de peixe.

Fonte: www. assimsefaz.com.br

Dica de verão: como temperar peixe.

 
Fonte:




Temperando o seu Peixe
Temperar o seu peixe é algo completamente relativo, 
pois, é através de gostos pessoais que os temperos 
são criados e reinventados, tudo isto varia de acordo 
com a popularidade do local e com o gosto e 
paladar das pessoas de sua família.

Uma das dicas mais frequentes é que você 
sempre utilize o sal e o limão como primeiros 
ingredientes na hora de temperar, acima de 
qualquer outro tempero, utilize estes, pois, 
dará o gosto cítrico do Brasil unido a 
um gosto mais forte do sal dos temperos brasileiros.
Para inovar ainda mais você deverá embalar 
o peixe todo em maços de coentro, então, 
para facilitar ainda mais a sua vida você pode 
pegar barbantes e amarrar em volta para 
que as folhas de coentro não se soltem, 
então, você deverá deixar esta peça 
não diretamente no fogo.

Temperar um peixe é muito fácil, agora é só 
você escolher o sal e o limão a gosto para poder 
colocar os seus temperos adicionais e locais, 
faça um bom proveito deste prato tão popular 
e tão saudável no mundo todo.


RECEITAS:
Peixe Grelhado 

Ingredientes 
1 piava ou carpa capim 3 a 4 kg 
(pode ser um peixe de sua preferência)
1/2 litro de suco de limão
300g sal
5 dentes de alho
Pimenta branca a gosto.
Orégano.
1 kg de tomates.
500g de cebola.
500g de pimentão.
3 copos de requeijão.
500g queijo mussarela fatiado.

Modo de Preparo

Limpe bem o peixe tirando as entranhas e as escamas
deixe o peixe por 1 hora na salmoura com o sal e o suco 
de limão adicione água para cobrir o peixe por completo, 
vire a cada 15 minutos
Pique e amasse o alho com sal e pimenta e orégano
Tempere a parte de dentro do peixe com o alho amassado
Coloque o peixe aberto em uma grelha dupla
Leve a brasa com a pele do peixe virada para baixo
Após 10 minutos vire a grelha para que a parte de dentro 
do peixe fique virada para a brasa
Quando começar a dourar vire novamente para que a pele 
do peixe fique virada para a brasa
Pique e misture a cebola, o pimentão e o tomate e reserve
Após 50 minutos retire o espinhaço do peixe e as espinhas 
espalhe o requeijão sobre o peixe
Quando o requeijão começar a derreter espalhe a mistura 
de tomate, pimentão e cebola
Cubra tudo com fatias de queijo mussarela
Após 30 minutos é só servir.

Aqui 100 receitas com peixe
vale a pena dar uma olhadinha


Receita e ingredientes para Meca Marinado (4 pessoas)

4 postas de Meca com pelo menos 2 cm de espessura 
— a parte da cauda é considerada a melhor, 
além de serem quase redondas;
Azeite de oliva extra-virgem;
Suco de 1 limão siciliano com um pouco 
da raspa da casca;
Orégano;
1 ramo de salsinha;
1 dente de alho;
1 colher de sopa de alcaparras picadas;
Sal e pimenta do reino.

Preparo:

Prepare uma marinada, misturando o azeite, 
o sumo do limão siciliano, orégano, salsinha, 
alho picado e a pimenta. Junte as alcaparras 
picadas e a raspa do limão. Passe sal em 
ambos os lados das postas, depois em uma 
travessa, despeje a marinada por cima do 
peixe. Agora é o momento de fazer o fogo 
(enquanto isso, o peixe fica marinando), 
que deve ser semelhante ao de um churrasco 
para picanha fatiada ou bife de chorizo.
 O segredo é que o peixe deve ser grelhado 
em fogo mais alto, fazendo com que a carne 
sele mais rapidamente, retendo a suculência. 
As postas da foto assaram em 20 minutos 
(10 para cada lado). Agora é só colocar o 
peixe na grelha e ir regando com um pouco 
da marinada, quando ele começar a chamuscar, 
vire a posta e fique de olho para não 
deixar passar do ponto.

Vinho recomendado: Branco robusto 
e sem madeira, como o Esporão Verdelho 2006

                                 Fonte: http://www.qvinho.com.br


Asse um pargo com legumes 

e azeite de ervas

O pargo é um peixe de água salgada e uma 

das maneiras mais fáceis de prepará-lo é assado, 
com azeite de ervas. Esta receita rende quatro porções . 
Veja como fazer


Ingredientes:
Um pargo médio
Duas cebolas
Três tomates
Um pimentão amarelo
Meio alho-poró
Meia xícara de vinho
Meia xícara de azeite
Meio maço de alecrim
Meia xícara de cebolinha
Azeite de ervas
Uma xícara de azeite
Uma xícara de salsa
Uma xícara de manjericão
Meia xícara de alecrim
Meia xícara de hortelã
Sal a gosto

Modo de preparo:

Numa assadeira, colocar todos os ingredientes 
e rechear o peixe com o alecrim. Deixar marinar por 
ao menos uma hora. Assar em forno médio coberto 
com papel alumínio.

Azeite de ervas:

Fritar a salsa e o manjericão. 
No liquidificador bater o azeite, a salsa frita 
e o manjericão frito. 
Acrescentar as outras ervas picadas.

Depois de assado, retire o papel alumínio
e derrame por cima o azeite de ervas
e leve novamente ao forno por mais
alguns minutos e sirva bem quente.


PASSO A PASSO DE MOQUECA 
DE PEIXE
A AUTÊNTICA MOQUECA BAIANA

Os ingredientes da moqueca, são os básicos:
Um bom peixe, azeite de dendê, leite de coco, 
coentro, tomates, cebola, alho, pimentão, 
pimenta dedo-de-moça, sal e pimenta 
do reino à gosto.

 Refogue a cebola e o alho no azeite de dendê 
(150 ml), acrescente
 o restante dos temperos, mas 
use só a metade de um molho de coentro. 
Deixe a outra metade para jogar encima 
na hora de servir. 
Acrescente o leite de coco e por fim o peixe. 
Use de preferência uma panelinha de barro que 
é show para fazer moqueca. 
Vejam o passo a passo nas fotos e 
ficará com água na boca!

Comece com um bom peixe. Esse é o vermelho



refogar a cebola com azeite de dendê



acrescentar os pimentões, tomates, 
dedo-de-moça, metade do coentro

acrescentar leite de coco

                            
O peixe entra por último e e mais a metade
do coentro e depois de 15 a 20 minutos 
está pronto para ser desfrutado! 
É prá comer de joelhos!
 Está pronta a moqueca...
agora é só servir acompanhada de um
arroz branco e farofa.

Fonte:

Um comentário:

  1. Muito bom amei as dicas de Peixe amamos Peixes aqui humm Parabéns.

    ResponderExcluir